(86) 9 9993 0111

rotacombo@rotacombo.com

Roteiro Gastronômico: Saboreie a culinária nordestina na Rota das Emoções.


A Rota das Emoções reserva várias agradáveis surpresas aos visitantes porque além do delicioso roteiro gastronômico…
O turista curte o que há de melhor no ecoturismo de vivência e de aventura no Nordeste!
Assim, dá para pegar aquele bronze verão tropical que só o Brasil tem 😉, praticar windsurf ou kitesurf em águas cristalinas.
E se divertir ainda mais explorando em lanchas rápidas, charretes e potentes 4X4 igarapés, mangues e toda riqueza do ecossistema existente em Jeri-Delta-Lençóis Maranhenses.
Sem falar nos inesquecíveis voos panorâmicos, caminhadas e por de sol deslumbrante para ser admirado em dunas macias e branquinhas.
A animação não para por aí, ainda é possível, por exemplo, flutuar em boias nos rios seguindo o ritmo da correnteza, dançar agarradinho sob o céu estrelado ao compasso de forró ou do reagge.
Mas, é claro que entre um passeio e outro em transfers econômicos, bate aquela fominha, né?
Para não errar, então, confira as nossas dicas na culinária da Rota das Emoções!
Agarra na leitura e deguste cada palavra 😊 (mas, vai sem moderação)!

 

Roteiro Gastronômico na Rota das Emoções: o que tem de bom?

 

Prepara o paladar que o difícil nesse roteiro gastronômico não é bem começar, mas sim, conseguir parar.
Isso porque os pratos são baseados na rica influência portuguesa.
Assim como, a culinária também se baseia na mistura de ingredientes indígenas e africanos.
Ou seja, a Rota das Emoções leva os sabores do Brasil em seus temperos e culturas. Não é à toa, portanto, que atrai visitantes do mundo inteirinho.
Afinal, quem dispensa comidinhas saborosas e, para alguns considerada, até mesmo exótica, né?
Pois bem, o mais legal é que apesar da proximidade dos estados que compõe a Rota das Emoções, isto é Jericoacoara, Delta do Parnaíba e Lençóis Maranhenses.
A verdade é que cada região tem suas peculiaridades, portanto, as receitas são únicas com sabores totalmente diferentes.

 

Culinária na Rota das Emoções: conheça os ingredientes gastronômicos secretos.

 

As comidas típicas nordestinas levam em seus pratos principais carnes, peixes, frutos do mar, queijo coalho e mandioca, portanto, se nota a enorme diversidade.
É claro que os sabores mais arretados vem dos ingredientes como exemplo: azeite de dendê; a pimenta; o coco e o leite de coco; o feijão de corda (ou fradinho) e o feijão verde.
Hummm delícia, né? 😉
Em outras palavras: a Rota das Emoções leva só coisa boa no roteiro gastronômico! Bora lá experimentar de pertinho a tapioca, o baião de dois, moqueca, carne de sol, cuscuz e por aí vai.

 

Confira alguns pratos TOP no roteiro gastronômico.

 

Tapioca

Em boa parte dos estados nordestinos, o dia começa com uma boa tapioca (ou beiju, como o ingrediente é conhecido pelos moradores).
Mas isso não impede ninguém de apreciá-la também na sobremesa, no lanche da tarde ou a qualquer hora do dia. Feita da fécula extraída da mandioca, essa iguaria de origem indígena apresenta vários recheios, doces ou salgados, porém o tradicional leva coco e queijo coalho.
Além de deliciosa, a tapioca é coisa séria.

Em 2006, o Conselho de Preservação do Sítio Histórico de Olinda a nomeou como Patrimônio Imaterial e Cultural da Cidade. Também existe a tradicional e respeitada Associação de Tapioqueiras de Olinda.

Baião de Dois

O Baião de Dois é outro prato bastante conhecido quando se fala em comidas típicas nordestinas.

Muitos dizem que a incrível mistura de arroz, feijão, carne seca e queijo coalho tem origem em um fato um pouco triste: o baião de dois teria surgido no Ceará, no meio da seca do sertão nordestino, onde a comida era escassa, difícil de ser conservada e nada podia ser desperdiçado.
Também há quem veja influência dos imigrantes árabes, que teriam trocado a lentilha pelo feijão verde.

De qualquer forma, o prato é mesmo delicioso — tanto que foi homenageado até pelo rei do baião, Luiz Gonzaga: “ó baião que bom que sois, se o baião é bom sozinho, que dirá baião de dois”.

 

Confira alguns pratos TOP no roteiro gastronômico.

Moqueca

Por ter uma imensa área costeira, o Nordeste é rico em peixes e frutos do mar, então não poderia deixar de caprichar nas receitas com essas delícias.

Uma delas é a moqueca, que leva posta de peixe, azeite de dendê, leite de coco e coentro na versão nordestina.
Existem outras versões com camarão, siri e alguns ingredientes a mais ou a menos — e cada brasileiro parece ter uma receita de moqueca.

Mas a tradicional, que você vai encontrar nos restaurantes e nas casas dos moradores, é essa que citamos.

Carne de sol

Com queijo coalho, feijão de corda, manteiga de garrafa e muito mais!

A carne de sol é bovina, ligeiramente salgada e vai bem com tudo.

Talvez por isso, esteja tão presente nas receitas da culinária do Nordeste.

Algumas de suas versões mais tradicionais são acompanhadas de macaxeira (conhecida pelo Brasil também como mandioca ou aipim), na moranga ou no escondidinho.
Existe até a paçoca de carne seca, que é uma farofa da carne na versão moída, com farinha de mandioca e cebola.

O prato já é delicioso quando o comemos sozinho, às colheradas, mas costuma ser consumido com banana e baião de dois.

 

Como organizar o roteiro gastronômico à Rota das Emoções?

Rota Combo, uma agência especializada em ecoturismo de vivência, tem ótimas opções de transfer para você viajar com segurança e tranquilidade pelas praias, mangues, dunas, lagoas e igarapés da Rota das Emoções.
Como por exemplo: transfer de Canoa Quebrada/Fortaleza. Assim, dá para viajar bem pelo nordeste brasileiro!
Então, fica tranquilo que seja em transfers e passeios pela Rota das Emoções, Ceará, Piauí e Maranhão, tem tudo ali na Rota Combo!

Jijoca de Jericoacoara

Quando ir ao Nordeste e fazer o seu roteiro gastronômico?

Embora qualquer época do ano seja especial para curtir uma excelente viagem ao Nordeste, os períodos favoritos dos visitantes são de maio a agosto.
Isso porque nessa época a região recebe menos chuva, o calor diminui e as lagoas estão cheias e cristalinas.
Ainda mais, durante os meses de dezembro e janeiro, em primeiro porque nesse período as chuvas ainda não são tão intensas.

 

 

Roteiro Gastronômico Rota das Emoções: Vale a pena viajar!

A Rota das Emoções é um roteiro para ser explorado com roupas leves ideal para quem quer viver o ecoturismo em sua essência, portanto, se prepare para se encantar com praias fabulosas de mares com águas límpidas, dunas de areias douradas, fauna e flora únicas.
Ali, praticamente, todos os dias são ensolarados e a maré sempre está a favor de quem curte turismo de aventura.
Os fortes bons ventos característicos do litoral nordestino são perfeitos às práticas esportivas, por exemplo: kitesurf e o windsurf.
Por isso, destinos como Jericoacoara, Delta do Parnaíba, Barra Grande, Atins e os Lençóis Maranhenses são tidos como paradas obrigatórias dentro da Rota.
Além do charme praiano, grande parte das cidades conta com excelente estrutura hoteleira e de restaurantes pronta para receber toda a família, amigos e solteiros em busca de muita curtição!
Outra vantagem em escolher a Rota das Emoções é que os deslocamentos são fáceis feitos em econômicos traslados como exemplo: transfer Jericoacoara/Barreirinhas, transfer Barreirinhas/Tutóia, transfer São Luís/Barreirinhas.
Em outras palavras, entre uma descoberta e outra, o visitante cruza as maravilhas naturais e culturais piauienses, cearenses e maranhenses e, de quebra, renova as energias com emoções mais leves e mais solares.

 

Conheça o Nordeste pagando pouco.

Vai de transfer compartilhado! Faça o Roteiro Gastronômico.

O transfer ou traslado permite que os viajantes dividam os custos de transporte, portanto, o pacote de viagem Nordeste é bem mais barato.
Então, dá para percorrer vários trechos, por exemplo: levar as pessoas aeroportos, portos, rodoviárias ou agências de viagem a hotéis ou eventos.
O mais legal é que, enquanto o visitante se desloca, consegue admitir as lindas paisagens exóticas do Nordeste tanto na ida quando na volta!
Além disso, é uma alternativa aos táxis e transportes públicos, oferecendo maior comodidade, conforto, segurança e tarifas mais baratas do que as dos táxis.
Outras vantagens são a flexibilidade de horários – as pessoas chegam ao destino na hora marcada – e a possibilidade de escolher o número de passageiros.
Portanto, já sabe né? Se vai viajar… vai de transfer..vai de Rota Combo!

Quanto custa fazer a Rota das Emoções?

 

Roteiro Gastronômico na Rota.

Para facilitar selecionamos passeios e transfers econômicos mais procurados no site da Rota Combo. Mas, é claro que os passeios e os traslados também podem ser personalizados, certo?
• Transfer Jeri/Barra Grande
Programação: Saída de Jericoacoara a Barra Grande. Transfer em jardineira até Jijoca de Jericoacoara, depois disso segue em veículo até Parnaíba pela estrada: Nesse trecho poderá haver uma parada na vila de Barra Grande.
• Transfer Jeri/Fortaleza
Programação: Saída de Jericoacoara a Fortaleza. Transfer em jardineira até Jijoca de Jericoacoara, depois disso segue em veículo até o aeroporto de Fortaleza.
• Combo Rota das Emoções
Programação: Transfer Jericoacoara / Parnaíba (Delta do Parnaíba); Delta do Parnaíba (vôo dos Guarás) – partindo de Parnaíba e Transfer Parnaíba (Delta do Parnaíba) / Barreirinhas (Lençóis Maranhenses)
• Combo 6 Rota das Emoções
Programação: Transfer Jericoacoara/Barra Grande, Passeio do Cavalo Marinho em Barra Grande, Transfer Barra Grande/Parnaíba, Passeio ao Delta do Parnaíba (Revoada dos Guarás), com saída de Parnaíba, Transfer Parnaíba/Barreirinhas.

CONCLUSÃO

Em síntese: você escolhe transfers e passeios no Ceará, Maranhão e Piauí e a equipe da Rota Combo providencia tudo direitinho com transfers baratos e passeios econômicos feitos com reservas rápidas e seguras. Legal, né?
Ah, então, não esquece de compartilhar essas dicas de transfers e passeios que não pensam no seu bolso com amigos e parentes. Quem sabe não vamos em um tour coletivo pelo nordeste brasileiro?
Apronta as malas e vivencie lugares e passeios surpreendentes.
Até o próximo embarque 😉 .

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Oi, como posso ajudar?