Lagoa do Paraíso em Jericoacoara: um passeio inesquecível

A Lagoa do Paraíso em Jericoacoara no Ceará se caracteriza por ser uma espécie de praia, só que de água doce. O local conta com areias finas e águas cristalinas e mornas, em diversos tons de verde e azul. Totalmente inesquecível!

Sabe aquele lugar que você chega e quer ficar a vida inteira? Afinal, quem não quer um pedacinho de “paraíso” para chamar de seu? 

Eu, você e todo mundo. Não é mesmo?

Falando assim, parece exagero. Mas, quando você chegar, verá que não estamos sendo modestos. 

É um cenário deslumbrante que só é visto em filmes ou fotos de ilhas paradisíacas. 

Então viva essa experiência exuberante conhecendo uma das regiões mais bonitas da Rota das Emoções. Faça uma viagem inesquecível à Lagoa do Paraíso, em Jericoacoara, seguindo nossas dicas!

Lagoa do Paraíso: um paraíso natural em Jericoacoara

A Lagoa do Paraíso é um dos cartões postais mais procurados e visitados de Jericoacoara, no Ceará. 

É considerada uma espécie de praia, só que de água doce, com areias finas e águas cristalinas e mornas em diversos tons de verde e azul.

A coloração da água proporciona um espetáculo à parte, e encanta quem escolhe a lagoa para descansar. 

As redes dentro d’água são uma comodidade a mais, visto que vários restaurantes atendem aos visitantes ali mesmo. 

Com poucas ondas, é ideal para quem está com crianças ou não gosta de mergulhar em águas fundas. 

O espelho d’água é um só, mas ganha nomes diferentes em dois trechos:

  • Lagoa do Paraíso 
  • Lagoa Azul

Em 2002, mais de 8 mil hectares da área de Jericoacoara foram transformados em Parque Nacional, administrado pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade). 

Seu ecossistema é riquíssimo, com diversas espécies de aves, lagoas, dunas, praias e formações rochosas.

redes na água lagoa do paraíso jericoacoara
As redes dentro d’água são uma comodidade a mais

Onde fica a Lagoa do Paraíso?

A Lagoa do Paraíso está localizada a 30 minutos da vila de Jericoacoara, no município de Jijoca de Jericoacoara.

A região também se localiza a cerca de 305 km de Fortaleza (CE).  

Como é a estrutura da Lagoa do Paraíso?

A estrutura do local impressiona tanto quanto a paisagem. 

Apesar de manter a característica rústica e um cenário intocável, oferece conforto, charme e organização.

Lá, é possível encontrar chuveiros, banheiros, restaurantes, música ambiente, serviço de praia e guarda-sol, entre outros confortos.

Sem contar as redes dentro d’água, muito disputadas pelos turistas. 

É ideal para quem pratica stand up paddle e kitesurf e para os “corajosos”, que saltam de trampolim na água. 

Um dos pontos mais procurados da lagoa é o beach club The Alchymist, restaurante/clube mais popular da região de Jericoacoara.  

O beach club possui uma megaestrutura na beira d’água, com bar, loja de conveniência e um terraço VIP com vista espetacular. 

Tem dezenas de mesas e cadeiras espalhadas pela areia, armários, guarda-sóis, redes coloridas sobre a água e passarela que leva à areia. 

Para entrar, o visitante paga R$ 20,00, que não são revertidos em consumação. Fica aberto diariamente de 9h 30m às 16h. 

lagoa do paraiso
Um dos pontos mais procurados da lagoa é o beach club The Alchymist

Como funcionam as barracas na Lagoa do Paraíso?

Além do beach club The Alchymist, que oferece serviços de bar e restaurante, existem outras barracas se você caminhar pelo lado direito da lagoa, por cerca de 20 minutos.

São barracas mais simples que possuem serviços de praia e até as coloridas redes sobre as águas da lagoa, com preços mais em conta.

Exemplo disso são as barracas Sítio Nova Esperança e Paraíso Lagoon, ótimas em matéria de custo-benefício. 

Onde comer na Lagoa do Paraíso?

São poucas as opções de restaurantes na Lagoa do Paraíso, além do beach club The Alchymist. 

São elas: 

Outros ficam a poucos quilômetros da lagoa, em Jijoca de Jericoacoara, onde você encontra preços para todos os bolsos. 

Entre eles o Na Casa Dela (comida caseira), o Tamarindo e o Bistrôgonoff, que é um clássico da vila e serve ótimos strogonoffs. 

Se você estiver à procura de petiscos e um bom vinho, a dica é o Fredyssimo. Para quem quer algo leve, vá ao Cantinho da Tapioca

Quem quer saborear deliciosas lagostas e camarões, a sugestão é o Lagosteiro e o Dona Amélia, que tem forró à noite. 

Quando ir à Lagoa do Paraíso em Jericoacoara? 

A Lagoa do Paraíso é um destino para visitar o ano inteiro, sendo que os meses de férias (janeiro e julho) são considerados de alta temporada. 

A época em que a lagoa também recebe muitos turistas é de meados de dezembro até o fim do Carnaval. O mesmo ocorre nos feriados prolongados.  

Já agosto é o mês ideal para os amantes de kitesurf e windsurf, quando venta mais. 

Entre julho e novembro acontece a temporada do kitesurf na região, período bastante procurado por turistas estrangeiros. 

Como chegar na Lagoa do Paraíso

Os tranfers compartilhados são as melhores opções para quem deseja chegar em segurança e com economia na Lagoa do Paraíso, em Jericoacoara.

A seguir, selecionamos algumas opções de transfers, oferecidos pela Rota Combo.

Parnaíba (Delta do Parnaíba) /Jericoacoara pela estrada, com visita à Lagoa do Paraíso (compartilhado)

Saída de Parnaíba para Jericoacoara em transfer (feito em duas etapas) em veículo com ar-condicionado  (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, de acordo com o número de pessoas), que levará os visitantes até Jijoca de Jericoacoara (Lagoa do Paraíso) e deixará no ponto de apoio na Lagoa do Paraíso.

Às 14h, saída da Lagoa em jardineira com destino a Jericoacoara. Acompanhamento de um guia. Neste trecho pode haver uma rápida para embarque e desembarque na vila de Barra Grande.  

Transporte: veículo com ar-condicionado  (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, de acordo com o número de pessoas), jardineira

  • Duração: 4h em média
  • Horário de embarque: entre 5h 30m e 6h 30m
  • Periodicidade: 2ª, 4ª e 6ª
  • Valor: R$ 130,00 (inclusive crianças) 

Barra Grande / Jericoacoara com visita à Lagoa do Paraíso (compartilhado)

Saída de Barra Grande em direção a Jericoacoara em transfer (duas etapas), num veículo com ar-condicionado (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, dependendo do número de pessoas), que levará os visitantes pela estrada até Jijoca de Jericoacora e deixará no ponto de apoio na Lagoa do Paraíso.

Lá, é feita uma parada de cerca de 4h para banho e almoço (não incluído). Às 14h, saída da lagoa em jardineira com destino a Jericoacoara.Acompanhamento de um guia.  

Transporte: veículo com ar-condicionado (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, dependendo do número de pessoas); jardineira

  • Duração: 4h em média
  • Horário de saída: entre 6h 30m e 7h 30m
  • Periodicidade: 2ª, 4ª e 6ª
  • Valor: R$ 130,00 (inclusive crianças) 

Qual é o custo da visita à Lagoa do Paraíso?

Para conhecer a Lagoa do Paraíso há pacotes de viagem pela Rota das Emoções (Delta do Parnaíba, Jericoacoara e Lençóis Maranhenses),  a partir de R$ 2.500,00 (inclui hospedagem com café da manhã, tranfers e passeios, sem transporte aéreo). 

Em 2017, a Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara passou a cobrar uma taxa de permanência na região, chamada “taxa de turismo sustentável”, de R$ 5,00. 

O boleto da taxa pode ser gerado clicando AQUI. Visitantes de 13 a 59 anos pagam, exceto deficientes físicos. 

Caso o visitante exceda os dias informados, deve gerar novo boleto indicando o período a mais que pretende ficar.  

Conclusão 

O nome já diz: Lagoa do Paraíso. Um paraíso dentro de outro paraíso chamado Rota das Emoções.

É daqueles lugares que você deita na rede, esquece da vida e vê, literalmente, o dia passar. 

Sem correria, atropelos e outros problemas característicos de cidades grandes. E com toda a comodidade que você merece.

Temos certeza que você não irá se arrepender!

Não deixe de compartilhar com seus amigos e familiares. Ajude a tornar a próxima viagem deles especial também!

Delta do Parnaíba: Guia completo para uma viagem especial

Conheça o Delta do Parnaíba! As festas de fim de ano e as férias estão chegando. Você já pensou para onde viajar? 

Existem destinos deslumbrantes no Brasil, mas este, em especial, impressiona.

Depois de ler nossas dicas, quem conhece vai querer voltar. E quem nunca foi, vai contar nos dedos os dias para chegar ao “paraíso”.   

É claro que, como em todo lugar, há períodos mais propícios para visitar. Mas não quer dizer que seja mais ou menos atraente nessa ou naquela época do ano.   

Faça chuva ou faça sol é um cenário inesquecível, com opções de passeios, curiosidades, culinária, costumes e tradições. E ecoturismo. 

Ansioso para saber? 

Neste artigo, apresentaremos o Delta do Parnaíba. O majestoso arquipélago fluvial oceânico com mais de 70 ilhas, localizado entre os estados do Piauí e Maranhão, no coração da Rota das Emoções. Confira!

O que é a região do Delta do Rio Parnaíba?

O Delta do Parnaíba é o único Delta das Américas que deságua em mar aberto (Oceano Atlântico) e o 3º maior do mundo, atrás apenas dos rios Nilo (África) e MeKong (Vietnã). 

É um arquipélago de 2,7 mil km2 em formato de letra grega delta,  que se assemelha a uma mão aberta em que os dedos representam:

  • Barra de Igaraçu 
  • Barra das Canárias 
  • Barra do Caju 
  • Barra da Melancieira 
  • Barra do Tutóia 

Ou seja, cinco saídas para o mar, também chamadas de fozes ou barras, que formam um grande santuário ecológico.

Com os Lençóis Maranhenses (MA) e Jericoacoara (CE), o Delta do Parnaíba faz parte da chamada Rota das Emoções. Com certeza você será a próxima a pessoa a se emocionar diante de tanta beleza.  

Afinal, você encontrará, nessa região, belas praias, dunas, lagoas de águas cristalinas, igarapés, manguezais com árvores de até 10 metros, baías, ilhas e uma grande biodiversidade.

Delta do Parnaíba Rota das Emoções
O Delta do Parnaíba faz parte da chamada Rota das Emoções

Entre os principais exemplares da fauna – muitos em processo de extinção -, estão macacos pregos, bugios (ou guaribas), jacaré do papo-amarelo, peixes de quatro olhos e o camurupim (uma espécie rara de peixe marinho). Além dos magníficos guarás, garças e biguás.    

Tanto que, nessa localidade, foi criada a Área de Proteção Ambiental (APA) Delta do Parnaíba, que abrange os estados do Piauí, Maranhão e Ceará, e a Reserva Extrativista Marinha do Delta do Parnaíba, na Ilha das Canárias. 

Em qual estado fica o Delta do Rio Parnaíba?

O Delta está localizado entre os estados do Maranhão e do Piauí, sendo a cidade de Parnaíba sua principal porta de entrada e um dos locais de saída para o santuário ecológico.

Parnaíba fica estrategicamente localizada no norte do Piauí, e conserva o charme de uma cidade colonial praiana, um dos motivos pelos quais atrai turistas de todo mundo.   

Com 150 mil habitantes e mais 40 mil flutuantes, Parnaíba é a segunda maior cidade do Piauí e capital do Delta.   

Fica a 338 km de Teresina (capital do PI) – em média, 4h de carro, 5h de ônibus e 18 minutos de avião.  

Delta do Parnaiba está o o Maranhão e o Piauí
O Delta está localizado entre os estados do Maranhão e do Piauí

O que fazer para conhecer o Delta do Parnaíba?

Há passeios para todos os gostos e preços. Mas, se você quer conhecer bem a região, alguns lugares você não pode deixar de ir. 

Nossa viagem começa no Porto de Tatus, na Ilha Grande (9km de Parnaíba), de onde saem, todos os dias, lanchas e barcos que levam turistas ao santuário ecológico da região. 

Locais como a Ilha das Canárias, Caju e dos Poldros, Dunas do Morro Branco e Baía do Feijão Bravo são algumas das maravilhas que essa região possui.   

Barra de Igaraçu

A primeira foz do Delta é o rio Igaraçu, que passa pelo centro da cidade de Parnaíba e deságua em Luís Correia, próximo ao porto. 

A 27 km do centro do município de Luís Correia fica a Praia do Macapá, linda, deserta e com a calma característica do interior do Piauí. 

A Praia do Macapá fica bem próxima à outra bela paisagem, a Praia de Barra Grande, ambas frequentadas por kitesurfistas, por oferecer as condições de mar e vento ideais para a prática do esporte.

Um dos points mais badalados do Piauí é uma antiga vila de pescadores – a Praia do Coqueiro.

Localizada a 10 km do centro de Luís Correia, a praia também é muito procurada por praticantes de kitesurf, por ter ventos fortes durante o ano todo.

A Praia do Coqueiro possui uma barreira de corais em parte de sua extensão, que só fica visível na maré baixa, formando piscinas naturais de águas transparentes. 

Já a Lagoa do Portinho fica na divisa entre Parnaíba e Luís Correia. Cercada de dunas que se movimentam com a ação do vento, é o local ideal para o lazer e a prática de esportes.

Passeios de barco, banana-boat, caminhada pelas dunas, tirolesa, snowboard (um tipo de surf praticado em dunas) complementam as opções de diversão no local. 

Na Praia do Atalaia, uma das principais praias do litoral piauiense, os turistas irão encontrar um ampla faixa de areia plana, com ondas brandas e restaurantes ao longo da orla urbanizada.  

Lagoa do Portinho Delta do Parnaíba
A Lagoa do Portinho fica na divisa entre Parnaíba e Luís Correia

Ilha das Canárias

Segunda maior do Delta do Parnaíba, a ilha é uma área de preservação ambiental que abriga a Reserva Extrativista Marinha do Delta, no extremo leste do Maranhão.  

É um dos locais mais bonitos e sossegados da costa nordestina.

A Ilha das Canárias é um mosaico de belas paisagens naturais, lindas praias, coqueirais, vilarejos, dunas, restingas, matas, manguezais, rios e igarapés.

A ilha possui a melhor estrutura de hospedagem e passeios da região – pousadas rústicas, mas confortáveis, onde o visitante se sente integrado à paisagem e faz programas por mar e terra.

É comum barcos ancorarem nos bancos de areias para que turistas façam caminhadas ao ar livre ou tomem banho em praias paradisíacas, de águas calmas e mornas. 

O visitante da ilha não pode deixar de saborear a deliciosa moqueca de frutos do mangue, com ostras frescas, vôngoles (moluscos) e camarões.

A Ilha das Canárias só é menor que a Ilha Grande de Santa Isabel, única grande ilha do lado piauiense do Delta, onde os turistas podem apreciar o pôr do sol na Praia da Pedra do Sol

A Pedra do Sol é a única praia em Parnaíba, e encanta pela sua beleza rústica, areia clara e fininha e mar de águas transparentes. O Farol da Pedra do Sal é um charme à parte.   

Os rochedos graníticos dividem a praia em duas: a parte mais brava é frequentada por surfistas e kitesurfistas; a mais mansa, onde se vê o pôr do sol.

Ilha das Canárias Delta do Parnaíba
A Ilha das Canárias é a segunda maior do Delta do Parnaíba

Ilha do Caju

Com paisagem diversificada, a Barra do Caju abriga a maior biodiversidade do Delta do Parnaíba. Fica a 50 km do município de Parnaíba, localizada entre o Maranhão e o Piauí. 

É considerada uma das ilhas mais bonitas do Delta, a mais preservada e a terceira maior da região, além de ser a maior ilha particular do Brasil. 

A ilha possui cinco ecossistemas: mangues, dunas, matas, campos e alagados de água salgada. É um dos poucos locais no Brasil onde é possível ter uma visão ampla da biodiversidade. 

Lá encontramos uma série de espécies de animais silvestres, como gatos-maracajás, jacarés de papos-amarelos, pica-paus, tartarugas-marinhas, botos e revoadas de guarás. 

É nessa região que se localiza a Barra do Caju e o Morro do Meio, que reúne praias, manguezais, dunas e cardápios com frutos do mar frescos, como caranguejadas, peixadas e camaroadas.

A Ilha do Caju é uma Reserva Particular do Patrimônio Natural, título dado pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis).

Trata-se de uma propriedade particular que, devido à sua biodiversidade ou aspecto paisagístico, foi declarada “área de conservação da natureza”. 

Já o nome faz alusão aos campos de cajueiros nativos na região central da ilha. 

Ilha do Caju Delta do Parnaíba
Dunas da Ilha do Caju no Delta do Parnaíba

Tutóia

A cidade tem uma localização privilegiada: entre os Pequenos Lençóis e em frente ao Delta do Parnaíba. 

A proximidade com os Pequenos Lençóis, que se enchem de lagoas esverdeadas ou azuladas de águas cristalinas na época das chuvas, dá às praias uma beleza exótica e exuberante.

A região tem muitos atrativos: belas praias, dunas, lagoas de temporárias de águas cristalinas, balneários de água doce e passeios de barco pelos igarapés, baías e ilhas do Delta.

Nela podem ser vistas as melhores revoadas de guarás do Delta, e aproveitar praias semidesertas, como a Praia do Amor e Arpoador.

Também na região fica o Pontal das Melancieiras, ilha/praia formada nas marés baixas, com areia branca no meio do mar. 

Em outro passeio que sai de Tutóia, de barco ou lancha, é possível chegar ao berçário dos dóceis e exóticos cavalos marinhos. 

No meio da Baía de Tutóia fica a Ilha do Coroatá, que oferece bar rústico e restaurante com cardápio variado, trilha e praia deserta. 

A culinária de Tutóia tem como base frutos do mar, e a Dança do Caroço é uma das muitas tradições da região. 

Tutóia no Delta do Parnaíba
Tutóia no Delta do Parnaíba

Quando ir no Delta do Rio Parnaíba?

Não há uma data específica para usufruir as maravilhas do Delta. O período mais chuvoso costuma ser entre os meses de março e maio, mas é raro o dia em que o sol não se apresenta. 

São os meses de janeiro, julho e agosto que há mais visitantes, e, em razão disso, mais passeios, segundo o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade). 

Mas quem prefere tranquilidade e quer conhecer o dia a dia das cidades e dos moradores, deve ir na baixa temporada.

Exceção para os praticantes de kitesurf, quando a alta temporada coincide com o período de agosto a dezembro. 

Mesmo com a sazonalidade, é usual passeios de domingo a domingo.

Como chegar ao Delta do Parnaíba?

Partindo de Fortaleza (CE)

Via terrestre: CE – 085 e BR – 402. 474 km

Quem pretende dar uma parada em Jericoacoara antes de seguir para o Delta do Parnaíba deve optar pelos transfers da Rota Combo.

Transfer Fortaleza/Jericoacoara 

O embarque ocorre no aeroporto de Fortaleza ou nos hotéis da orla num veículo com ar-condicionado (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, dependendo do número de pessoas). 

Em Jijoca de Jericoacoara, uma jardineira leva os visitantes às pousadas em Jericoacoara.

  • Saídas: 6h45m / 14h 15m / 18h
  • Duração: 7h em média
  • Dias da semana: diário 

Partindo de Jericoacora

O transfer de Jericoacoara para o Delta do Parnaíba da Rota Combo é único no formato compartilhado. É feito em duas etapas.

A jardineira leva os visitantes até Jijoca de Jericoacoara num veículo com ar-condicionado (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, de acordo com o número de pessoas).

Em Jijoca, o veículo segue até Parnaíba por via terrestre, na companhia de um guia. Pode ocorrer uma rápida parada para embarque e desembarque na vila de Barra Grande.

  • Saída: entre 9h e 10 h
  • Duração: 4h em média
  • Dias da semana: 2ª, 4ª e 6ª

Partindo de Barra Grande (PI) 

Via terrestre:

  • BR – 402 (trajeto mais rápido). Tempo aproximado: 1h 8min (70,7 km)
  • PI – 116. Tempo aproximado: 1h 15min (74,3 km)

Transfer Barra Grande/Parnaíba

O transfer de Barra Grande para o Parnaíba da Rota Combo também é único no formato compartilhado.

É feito em veículo com ar-condicionado (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, de acordo com o número de pessoas). 

  • Saída: entre 13h e 13h 30m
  • Duração: 1 h em média
  • Dias da semana: 2ª, 4ª e 6ª

Partindo de Parnaíba

A cidade possui aeroporto com voos semanais partindo, sem escalas, de Campinas (SP).

Nos períodos de alta estação é comum embarques em Fortaleza (CE) e Teresina (PI) com destino à Parnaíba. 

De Parnaíba é possível adquirir passeios compartilhados e privativos, já incluso o  transfer até o Porto de Tatus.

Partindo de Tutóia (MA)

Via terrestre: MA – 034 (trajeto mais rápido). Tempo aproximado: 2h 3min (121 km)

Transfer Tutóia/Parnaíba (Delta do Parnaíba)

De Tutóia sai um veículo com ar-condicionado (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, dependendo do número de pessoas), que leva a Parnaíba.

  • Saída: entre 11h e 11h 30m
  • Duração: 3h 30m em média
  • Dias da semana: 3ª e 5ª

Partindo de São Luís (MA) 

Via terrestre:

  • BR – 402 (trajeto mais rápido). Tempo aproximado: 6h 58min (436 km)
  • BR – 222. Tempo aproximado: 8 h ( 492 km)

Para chegar ao Delta do Parnaíba, os visitantes que saem de São Luís também têm ótimas opções de transfers da Rota Combo

Conheça alguns:

Transfer São Luís/Barreirinhas (Lençóis Maranhenses)

Saída em São Luís em veículo com ar-condicionado (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, conforme o número de pessoas). O translado conta com motorista/guia. 

  • Saídas: entre 6h 45m e 8h
  • Duração: 4 h em média
  • Dias da semana: diariamente

Transfer Barreirinhas (Lençóis Maranhenses)/Parnaíba (Delta do Parnaíba) 

A saída em Barreirinhas é feita em transfer (duas etapas), jardineira ou similar.

Lá, um veículo com ar-condicionado (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, dependendo do número de pessoas), leva até Parnaíba.

  • Saídas: entre 9h e 10h
  • Duração: 3h 30m em média
  • Dias da semana: 3ª e 5ª

Qual o custo da visita ao Delta do Parnaíba?

Para você conhecer a região do Delta, há pacotes de viagem que incluem o litoral do Piauí ou a Rota das Emoções (Delta do Parnaíba, Jericoacoara e Lençóis Maranhenses),  a partir de R$ 2.500,00 (inclui hospedagem com café da manhã, tranfers e passeios, sem transporte aéreo). 

Parnaíba possui uma grande variedade de restaurantes, dos mais rústicos aos mais luxuosos. 

Os preços de refeições variam, em média, de R$ 19,20 a R$ 45,60 (almoço) e de R$ 27,60 a R$ 69,50 (jantar) por pessoa. 

Como economizar na sua visita ao Delta do Parnaíba

Optar por transfers, passeios e pacotes compartilhados da Rota Combo é uma ótima maneira de economizar.

Separamos opções vantajosas para você escolher. 

  • Combo 1 – Economize 5%: Transfer Barreirinhas (Lençóis Maranhenses)/Parnaíba (Delta do Parnaíba (compartilhado) + Delta do Parnaíba (Revoada dos Guarás) – com saída de Parnaíba (compartilhado) + transfer Parnaíba (Delta do Parnaíba)/Jericoacoara com visita à Lagoa do Paraíso (compartilhado). Valor: R$ 413,25.
  • Combo Completo 1 – Economize 10%: Transfer São Luís/Barreirinhas, Passeio de voadeira pelo Rio Preguiças, Passeio nas Lagoas Azul e Adjacentes, Transfer Barreirinhas/Parnaíba, Passeio ao Delta do Parnaíba (Revoada dos Guarás) com saída de Parnaíba. Valor: R$ 958,50.
  • Combo Completo 2 – Economize 10%: Transfer Fortaleza/Jericoacoara, Transfer Jericoacoara/Barra Grande, Passeio do Cavalo Marinho, Transfer Barra Grande/Parnaíba, Passeio ao Delta do Parnaíba (Revoada dos Guarás) com saída de Parnaíba. Valor: R$ 958,50.
  • Transfer Barreirinhas (Lençóis Maranhenses)/Parnaíba/Delta do Parnaíba (compartilhado): Saída de Barreirinhas para Parnaíba em transfer (feito em duas etapas), jardineira ou similar que levará os visitantes até o ponto de partida da Rota Combo, onde um veículo com ar-condicionado (pode ser carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, dependendo do número de pessoas), aguardará para levá-los até Parnaíba pela estrada, com acompanhamento de guia. Valor: R$ 130,00.
  • Transfer Parnaíba (Delta do Parnaíba)/Jericoacoara pela estrada, com visita à Lagoa do Paraíso (compartilhado): Saída de Parnaíba em direção a Jericoacoara, com visita à Lagoa do Paraíso. Translado feito em duas etapas pela estrada em veículo com ar-condicionado (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, de acordo com o número de pessoas) até Jijoca de Jericoacoara (Lagoa do Paraíso). O percurso segue em jardineira  até a Vila de Jericoacoara.  Valor: R$ 130,00.
  • Transfer Barra Grande/Jericoacoara com visita à Lagoa do Paraíso (compartilhado): Saída de Barra Grande em direção a Jericoacoara, com visita à Lagoa do Paraíso. Transfer feito em duas etapas pela estrada em veículo com ar-condicionado (carro, 4×4, van, micro-ônibus ou ônibus, conforme o número de pessoas) até Jijoca de Jericoacoara (Lagoa do Paraíso). Depois de jardineira até a Vila de Jericoacoara. Valor: R$ 130,00.

Conclusão

Como você pode notar, não foi à toa que a Rota das Emoções, onde se localiza o Delta do Parnaíba, foi escolhida o Melhor Roteiro Turístico do país.

Suas belezas naturais, aliadas aos costumes, tradições e culinária local, fazem desse santuário ecológico um lugar que atrai turistas todos os anos. 

E o próximo pode ser você. 

Fique por dentro das promoções e novidades acompanhando nosso blog. 

Não deixe de compartilhar com seus amigos e familiares. Ajude a tornar a próxima viagem deles especial também!

Rota Combo oferece mais inovação no ecoturismo no centro da Rota das Emoções

Rota das Emoções: o próprio nome já é suficiente para despertar a curiosidade e ansiedade de muitos amantes do ecoturismo. Afinal, o que esperar deste percurso, se não muita adrenalina e integração com paisagens naturais de tirar o fôlego? É por isso que as expectativas são altas para o grande número de turistas que passam pelo percurso a cada ano.

Diante de atrações tão únicas, o setor do ecoturismo possui a grande responsabilidade de valorizar as riquezas naturais ao mesmo tempo em que garante experiências marcantes para todos os visitantes que se aventuram pelos estados que compõem a rota.

Neste post, você vai entender como a Rota Combo trabalha a inovação no ecoturismo para fazer o passeio pela Rota das Emoções ainda mais impressionante!

A Rota das Emoções

O termo “Rota das Emoções” se refere a um roteiro turístico que atravessa parte da costa de três estados do Nordeste brasileiro: Maranhão, Piauí e Ceará. O passeio procura atender todos os perfis de viajantes, já que inclui destinos consagrados no turismo nacional (como Jericoacoara e os Lençóis Maranhenses), mas também contempla pequenos vilarejos com paisagens mais rústicas e pouco exploradas em viagens tradicionais.

Os locais são especialmente propícios para aqueles que gostam de Ecoturismo&Aventura e Sol&Praia. Contudo a rota hoje é percorrida por diversos perfis de viajante, tais como casais em lua de mel, observadores de pássaros e vida selvagem, amantes dos esportes à vela (especialmente kitesurf e windsurf), melhor idade, fotógrafos profissionais e amadores e, claro, famílias inteiras.

Para se aventurar neste trajeto, é altamente recomendado contar com a ajuda de uma agência especializada. Antes de tudo, é preciso saber que a viagem pela Rota das Emoções pode ser personalizada — ou seja, o turista tem a liberdade de escolher por onde começar e se deseja ou não passar por determinados destinos. Essas agências, então, devem traçar roteiros que atendam os critérios do viajante.

Além disso, a rota é bastante dinâmica, pois passa por diversos locais em estados diferentes. Alguns deles, como as reservas ambientais, permitem acesso apenas com guias credenciados. Outros não são facilmente acessíveis por veículos convencionais, como as dunas de areia ou estradas de terra. Por isso, nada como poder ter o transporte terrestre providenciado e reservado por uma empresa que já tenha experiências com passeios do tipo.

Lembre-se que parte da emoção do roteiro está nos meios de transporte utilizados para passear. Sendo assim, vale a pena experimentar todas as maneiras atípicas de deslocamento que os locais tem a oferecer.

Rota Combo e a inovação no ecoturismo

Para se destacar no mercado do turismo e ganhar a simpatia de diversos tipos de viajantes e mochileiros, as empresas do ramo apostam na adoção de medidas criativas que atraiam a atenção de possíveis clientes. Neste cenário, a tecnologia ocupa um papel importante, sendo o principal impulsionador da inovação e competitividade.

Dessa forma, algumas estratégias do setor procuram analisar as tendências do mercado para que sejam capazes de antecipar possíveis mudanças (tanto tecnológicas quanto comportamentais) e agregar valor para os turistas.

Rota Combo traz tecnologia associada ao acolhimento humano

Aplicativos que avisam sobre passagens aéreas em promoção, compras online, cardápios digitais acessíveis em várias línguas e comparadores de preço que mostram oportunidades econômicas para o consumidor são alguns exemplos de como a tecnologia facilita a vida do viajante e impulsiona a indústria do turismo. No entanto, seria possível contar apenas com ela para resolver os principais demandas do cliente?

A resposta não é tão simples. Apesar de agilizar processos, facilitar contatos e proporcionar mais praticidade, a aplicação de recursos da tecnologia no âmbito turístico não é garantia de sucesso. Isso porque, por mais que a inovação no ecoturismo seja tecnológica, os serviços e experiências ainda dependem da ajuda das pessoas e se baseiam nas relações humanas.

Por mais eficiente que seja a tecnologia ao realizar as mais diversas atividades, o fator humano jamais poderá ser substituído por ela. Afinal, é essencial ter em vista que as máquinas e bots não são capazes de suprir algumas coisas das quais o cliente jamais abrirá mão, como a atenção acolhedora, os sorrisos e um bom serviço.

É aí que entra a importância de uma equipe de treinamento bem treinada e habilitada: os clientes querem ser tratados como seres humanos, e não meros usuários.

Rota Combo e a nova cultura do sharing

A ciência já mostrou que a posse material não é tão satisfatória quanto as experiências de vida. É por isso que a geração atual valoriza mais o “ser” do que o “ter” e, consequentemente, não tem mais tanto interesse em gastar altas quantias de dinheiro em bens como carros, casas e móveis como havia antigamente.

Esta tendência justifica o sucesso de diversos serviços de compartilhamento, como Uber, AirBNB e Couchsurfing. O principal motivo para este sucesso não é apenas a consciência de um consumo sustentável, mas também a economia que isso pode proporcionar para o viajante.

A Rota Combo

Para que o cliente tenha a melhor experiência possível, é preciso que a tecnologia e prestação de serviços estejam alinhados no mesmo (alto) nível de excelência. Por isso, a Rota Combo é uma empresa que garante a inovação no ecoturismo por meio de diversos diferenciais.

Compartilhamento de transportes

Ao observar a revolução não apenas tecnológica, mas também comportamental de seu público, a Rota Combo se tornou a primeira empresa a oferecer transfers/traslados e passeios compartilhados na Rota das Emoções.

Além de oferecer a opção de dividir o transporte enquanto o turista socializa com outras pessoas e torna a sua viagem mais divertida, a empresa é a única que oferece partidas com saídas regulares dos Lençóis Maranhenses para o Delta do Parnaíba e vice-versa. O mesmo vale para os deslocamentos de Delta do Parnaíba para Jericoacoara.

Democratização de preços

Na Rota das Emoções, muitos dos trajetos percorridos de carro devem ser do tipo 4×4, para enfrentar as estradas cheias de trechos rudimentares. A consequência desta condição resultava em gastos com veículos privativos caríssimos.

Para baratear os custos e tornar as viagens independentes pela Rota das Emoções possível, a Rota Combo se tornou a única empresa do tipo low cost neste segmento — afinal, ao repartir os meios de transporte, os seus custos caem consideravelmente.

Tecnologia oferecida

A Rota Combo é uma agência de transporte na qual todos os serviços podem ser adquiridos online, sem passar por um processo comercial com interferências humanas. O e-commerce, o chat online e outros recursos de contato facilitam e agilizam o processo de compra de pacotes.

Além disso, softwares de gerenciamento de venda e operação são utilizados na execução do serviço, mitigando assim as possíveis falhas operacionais. Alguns softwares de monitoramento do cliente também visam, por meio da tecnologia, fornecer suporte e fazer um acompanhamento do viajante antes, durante e após a venda.

Cuidado humanizado com o viajante

A Rota Combo tem uma forma de trabalhar que traz a segurança e o conforto que o cliente precisa durante uma viagem turística — principalmente na Rota das Emoções, que é uma aventura longa e cheia de mudanças de estados, cidades e atividades.

Para isso, foi criada forma de trabalhar que concilia o atendimento humanizado, trazendo segurança e conforto por meio do know-how de uma equipe qualificada e o conhecimento profundo que possuem acerca da região.

O motto da Rota Combo é “compartilhe emoções”. A inovação no ecoturismo está pautada na tecnologia e no compartilhamento, que é uma mudança psicossocial presente em todo o mundo.

Gostou do post? Se você não vê a hora de conhecer tantas riquezas naturais, entre em contato com nossos parceiros. Assim, você pode se preparar para curtir sua viagem sem preocupações!

Acima ↑